10/09/2016

Risotto de arroz de couve-flor com funcho e limão / Cauliflower risotto with fennel and lemon






PT (Skip to English)
Quando ao sábado de manhã pergunto à minha outra metade o que quer que eu cozinhe, é quase garantido que o vou ver com um sorriso tolo. É uma daquelas piadas que todos os casais têm, que mais ninguém acha graça, mas que nos faz sempre dar uma gargalhada.
Começou num dia em que fiz um risotto que ele adorou e que o fez sorrir, daí em diante a palavra risotto tornou-se sinónimo de um um sorriso tolo, o equivalente da vida real daquele emoji que, um pouco corado, sorri sem mostrar os dentes. Risotto, sorri... Percebem? Erm...Já me tinham dito que explicar estas piadas não resultava...

Risotto é um dos meus pratos favoritos. Sempre adorei arroz e então envolvido em queijo, não há como resistir. Embora nunca use natas para o fazer como várias receitas sugerem, entre o arroz e o queijo derretido é um prato que acumula um valor calórico muito alto.

Entra em cena a couve-flor. Picada e rapidamente cozinhada, a couve-flor pode ser usada para substituir o arroz ou os cuscus em muitos pratos. Já te consigo ouvir "mas não gosto de couve-flor!". Eu também não gostava, até descobrir que durante a preparação é o tipo de alimento que agarra os sabores à sua volta. A não ser que gostes mesmo de couve-flor, não há razão para voltares a tentar comê-la cozida só com sal ou para abdicares dos seus super nutrientes. Uma caneca de couve-flor cozinhada tem apenas 29 calorias e é muito rica em antioxidantes, como a vitamina C.

Para conseguir a textura cremosa característica do risotto, aprendi uma técnica que usa uma lata de feijão branco esmagado e funcionou perfeitamente.

Ainda que estes ingredientes sejam todos ao lado daquilo que se espera para um risotto, utilizando temperos e sabores de cariz italiano, é possível recriar essa experiência, com excelentes resultados e com muito menos calorias. Se ainda não te convenci, vou usar o meu último trunfo: usar arroz de couve-flor significa mais espaço para queijo! ;)

Acompanhei este risotto com uns cogumelos cremini grelhados e azeitonas.


Risotto de arroz de couve-flor com funcho e limão
Esta receita serve duas pessoas

Ingredientes:

  • Meia couve-flor
  • 1 lata de feijão branco
  • 1 cabeça de funcho
  • 1 limão
  • 2 cogumelos secos
  • 2 anchovas (omitir para opção vegan)
  • 1 cubo de caldo vegetariano
  • Cebola roxa
  • Azeite
  • Alho
  • Manjericão
  • Sal e pimenta
  • 75 gr de queijo parmesão


Método:
Ralar a couve-flor ou picá-la usando um robot de cozinha. Deves fazê-lo aos poucos, retirando a couve-flor picada para uma tigela antes de picares mais.

Desfazer o cubo de caldo vegetariano numa caneca de água quente, adicionando os cogumelos secos e deixar repousar durante 5 minutos tapado. Entretanto, picar a cebola finamente.

Retirar os cogumelos da água e picá-los. No robot de cozinha, juntar o feijão e a água, reduzindo-os a puré.

Cortar o funcho em tiras finas e ralar a casca de um limão.

Num tacho, aquecer o azeite e refogar a cebola, os cogumelos e as anchovas também picadas, até que a cebola fique translúcida. Temperar com alho, manjericão, sal e pimenta.

Adicionar o funcho e a casca do limão, mexendo e deixando cozinhar durante cerca de 7 minutos em lume médio. Espremer o limão para dentro do tacho e, aumentando ligeiramente o lume, deixar cozinhar até que o líquido esteja quase evaporado, mexendo ocasionalmente.

Reduzindo o lume, juntar o puré de feijão e deixar fervinhar. Misturar a couve-flor, cobrir o tacho e deixá-la cozer durante aproximadamente 10 minutos.

Enquanto isso, ralar o parmesão. Quando a couve-flor estiver cozinhada, retirar do lume e envolver o queijo, reservando um pouco para guarnecer o prato.

Espero ver-te à mesa.
Mariana


EN
When on a Saturday morning I ask my SO what he wants me to cook for lunch, it’s pretty much guaranteed I’ll see him doing this silly smile he does. It’s one of those private jokes every couple has, that no one else finds funny, but always makes us laugh.

This one started when I cooked a risotto he loved and made him smile, from then on risotto became the word we use to describe a silly smile, the real life equivalent of that slightly blushed emoji that smiles without showing its teeth. In Portuguese, smile is “sorri”, it sounds like an alliteration with risotto. Get it? Erm, scrap that… No one gets it in Portuguese, let alone in English.

Risotto is hands down one of my favorite dishes. I’ve always loved rice, and the cheesier the better, it’s impossible to resist. Even though I never use cream to cook risotto, like many recipes seem to suggest, with the rice and the cheese the calories can ramp up.

Enter the cauliflower! Grated and rapidly cooked, cauliflower can substitute rice or couscous in various dishes. I can hear you going “but I don’t like cauliflower!”.  I didn’t like it either until I found out that it is the kind of food that holds the flavors from other foods. Unless you really love cauliflower, there’s no reason to ever again eat it just boiled or to simply deprive yourself from this super nutritious food. A cup of cooked cauliflower only has 29 calories and is very high in antioxidants, like vitamin C.

To obtain the typical creaminess from a risotto, I learned this technique that uses a can of mashed cannellini beans and it worked perfectly.

Although these ingredients are far from what is used in a real risotto, by choosing seasonings and flavors inspired by the Italian cuisine, you can recreate that experience, with excellent results and far less calories. If I haven’t convinced you yet, I’ll play my last card: using cauliflower rice leaves space for more cheese! ;)

I served the risotto with grilled cremini mushrooms and some olives.

Cauliflower risotto with fennel and lemon
2 servings 

Ingredients:
  • 1/2 cauliflower head
  • 1 can cannellini beans
  • 1 fennel bulb
  • 1 lemon
  • 2 anchovies (omit for vegan option)
  • 1 vegetable stock cube
  • 2 dried mushrooms
  • Red onion
  • Olive oil
  • Garlic
  • Basil
  • Salt and pepper
  • 75 gr parmesan


Method:
Grate the cauliflower or chop it using a food processor. Do it in batches, emptying the food processor bowl to another container before chopping more.

Dissolve the stock cube in a cup of hot water, adding the dried mushrooms and let it stand covered for 5 minutes. In the meantime, chop the onions finely.

Remove the dried mushrooms from the water and chop them. Chop the anchovies too. In a food processor, purée together the beans and the water.

Cut the fennel into thin slices and grate the lemon zest.

Heat the olive oil in a pot and sautée onion, dried mushrooms and anchovies, until the onion becomes see-through. Season with garlic, basil, salt and pepper.

Add basil and lemon zest, mix well and let it cook for approximately 7 minutes in a medium heat. Squeeze the lemon juice into the pot and, slightly turning up the heat, let it boil until most of the liquid disappears, stirring occasionally.

Lower the heat, stir in the bean purée and let it boil gently. Add the cauliflower, cover the pot and let it cook for about 10 minutes.


In the meantime, grate the parmesan. When the cauliflower is cooked, remove from the heat and add the cheese, putting some aside for garnishing.

Enjoy,
Mariana